terça-feira, 22 de abril de 2008

Dia Mundial da Terra

Estamos de parabéns?!

Hoje é o Dia Mundial da Terra.

Segundo o site surftotal.tv, este é "um dia importante que devia ser relembrado não só hoje mas todos os dias, no sentido da preservação do planeta e da harmonia do ser humano com o mesmo.

Catástrofes naturais, aquecimento global, degelo e consequente subida do nível do mar, aumento da poluição, uso inadequado dos combustíveis fosseis e destruição da Natureza, estão hoje, mais do que nunca, na ordem do dia.

A preocupação com o futuro do planeta é cada vez maior principalmente com a consciência ambiental das novas gerações.

O desenvolvimento económico desenfreado tem prejudicado a saúde do planeta com emissões de níveis de CO2 acima do desejável e, caso não haja um abrandamento, o próprio futuro do Homem na Terra estará em causa.

Os países responsáveis pela maior fatia da poluição como E.U.A., China ou Índia teimam em não cumprir as directivas do Protocolo de Quioto.

Quanto a Portugal, as emissões de gases com efeito de estufa (GEE) emitidos em 2006 ultrapassaram em 13 por cento o limite fixado pelo Protocolo de Quioto, afirmou à Lusa um responsável da organização ambientalista Quercus, segundo notícia publicada no site Diário Digital.

As praias e o oceano são umas das principais preocupações dos surfistas que assistem à degradação do seu principal recurso de diversão e contacto com a Natureza.

Acima de tudo, é necessário repensar os nossos gestos do dia-a-dia para não hipotecar o futuro do planeta Terra. É necessário agir!

O Dia da Terra foi criado em 1970, pelo Senador norte-americano Gaylord Nelson, que convocou o primeiro protesto nacional contra a poluição, protesto esse coordenado a nível nacional por Denis Hayes. Esse dia conduziu à criação da Agência de Protecção Ambiental dos Estados Unidos (EPA).

A partir de 1990, o dia 22 de Abril foi adoptado mundialmente como o Dia da Terra, dando um grande impulso aos esforços de reciclagem a nível mundial e ajudando a preparar o caminho para a Cimeira do Rio (1992).

Actualmente, uma organização internacional, a Rede Dia da Terra coordena eventos e actividades a nível mundial que celebram este dia."

Meus amigos, temos de AGIR, de modo a preservar a nossa "casa". Paremos de morder na mão que nos alimenta.

Take a Stand!!!



http://ww2.earthday.net/

4 comentários:

Sam disse...

"A preocupação com o futuro do planeta é cada vez maior principalmente com a consciência ambiental das novas gerações."

infelizmente n sei ate que ponto isto será mesmo assim! Sim, é verdade q se ve muita gente preocupada c o ambiente, principalmente a populaçao estudante (nas faculdades), mas n sei ate q ponto a "geraçao hi5" e os "bolicaos" deste portugal, possuem consciencia n so ambiental, mas tb politica...

lmcorreia disse...

Bem este é de facto um tema à altura do nosso blog, e principalmente à altura da grandeza intelectual de um ratinho de praia, que obviamente, antes de toda e qualquer coisa, é um amante da natureza! Resta-me apenas imprimir esta parte do nosso blog, e distribuir aqui pelos nossos "camaradas" Angolanos, seres iluminados, pois para eles, carro que é carro é um V12 a gasolina (Hummers e porras do genero), com consumos de 50 litros por cada 100 KM!!! Queria tambem perguntar aos membros do conselho superior da Ratice, se ratinhas de praia angolanas podem registrar-se e comentar no nosso blog? Obviamente que me responsabilizo por todo o processo de supervisão,avaliação e selecção das candidatas, estando todas elas sujeitas a rigorosos testes de avaliação, antes de comentarem o que quer que seja no nosso blog. Deixo à vossa consideração, caros membros do conselho superior...

BMatos disse...

Meu caro irmão de duna, este é um blog aberto a todos. Gosta de praia, quer comentar, criticar, melhorar, improvisar...Faça-o!
E identifique-se.

O Grão Mestre

DeboraJ disse...

Ola o meu nome é Debora, e descobri o vosso blog através do meu colega e amigo Luis Correia (ele é o engº mais simpatico da empresa eheheh ele vai me matar quando ler isto). Penso que Angola seria um país melhor, mais limpo, mais justo, se existissem aqui mais ratinhos de praia como voçês.
Espero um dia poder receber-vos aqui nas magnificas praias Angolanas.

Beijo,
Debora Joyce Vitorino